clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

ÚLTIMAS AQUISIÇÕES


    Dentre as minhas últimas aquisições (que incluem várias minisséries completas e edições especiais inéditas em Portugal), destaco Graphic Album nº3, lançado no Brasil em 1990 pela editora Abril.
    Trata-se da edição em Português da aclamada série "American Flagg : Hard Times" da autoria do genial Howard Chaykin, originalmente publicada em 1983 pela First Comics nos EUA.
    Nesta trama futurista de corrupção política e social, a ação tem lugar em 2031 num mundo virado do avesso após uma crise global ocorrida em 1996 e que resultou, entre outras coisas, no colapso da União Soviética e da economia norte-americana. Em consequência desses eventos, a elite governante dos EUA exilou-se em Marte (colonizado anos antes). Emergiram entretanto vários candidatos (sendo o principal o Brasil) a ocuparem o vazio deixado pelo desaparecimento das duas superpotências do século XX.
     Numa Chicago decadente e dominada pela misteriosa Plex (uma espécie de megacorporação que governa os EUA), grassa a anarquia com bandos criminosos a combaterem impunemente nas ruas. Esta onda de violência é instigada por mensagens subliminares veiculadas através de um popular programa televisivo. O autor não previu, todavia, o advento da Internet.
     É então que surge Reuben Flagg, ex-ator e ex-cantor pop nascido em Marte, que depois de perder o emprego, se alista nos Plexus Rangers, uma força paramilitar de manutenção da ordem. Idealista, Flagg recusa contemporizar com os intrincados esquemas de corrupção e tenta aplicar a justiça numa cidade que mais parece a Sodoma e Gomorra do século XXI. Drogas, álcool, violência e muito sexo marcam o quotidiano dos seus habitantes. Contudo, os desportos organizados foram há muito ilegalizados, embora continuem a praticar-se clandestinamente.
     Ao longo das páginas desta eletrizante história, ficamos também a saber que, não obstante toda a fornicação, não nascem crianças há cerca de vinte anos. A explicação reside numa esterilização supostamente involuntária ocorrida anos antes.
     Por esta magnífica obra destinada ao público adulto, Howard Chaykin arrecadou nove Eagle Awards (prémios correspondentes aos Óscares para histórias aos quadradinhos), incluindo na categoria de Melhor Personagem Principal (Reuben Flagg) e Melhor Personagem Secundária (Raul). Convém salientar que este último é um gato falante...
    Orgulho-me de ter adicionado esta obra-prima da BD à minha coleção onde nem todos os heróis têm superpoderes ou vestem collants.

Sem comentários:

Enviar um comentário