clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

terça-feira, 4 de outubro de 2011

NÉMESIS : DUENDE VERDE




     Se há vilão sobre cuja morte os rumores foram manifestamente exagerados, é o Duende Verde (Green Goblin). Os gatos podem ter nove vidas mas este inimigo figadal do Homem-aranha tem decerto muitas mais. Morto ou dado como morto incontáveis vezes, o Duende Verde sempre regressa do Além. Com um obstinado propósito: atormentar o aranhiço.

Criadores: Stan Lee e Steve Ditko (os mesmos do Homem-aranha).
Primeira aparição: The Amazing Spiderman nº14 (julho de 1964)
Licenciador: Marvel Comics
Identidade civil: Norman Virgil Osborn
Origem:Hartford, Connecticut
Família conhecida: Harry Virgil Osborn (filho), emily (esposa falecida)
Filiação: Sexteto Sinistro, Cabala
Base de operações: Nova York
Poderes e armas: o soro mutagénico desenvolvido por Osborn, concedeu-lhe força, velocidade e destreza sobre-humanas, além de um fator de cura que lhe permite recuperar de ferimentos potencialmente letais. Entre o seu vasto arsenal, o Duende Verde dispõe de um planador, bombas abóbora e luvas com micro-circuitos embutidos que lhe permitem disparar rajadas elétricas até mil volts. Também usa uma armadura de cota de aço à prova de bala.

   Norman Osborn era apenas uma criança quando se tornou obcecado pela riqueza e pelo poder. O seu pai, um empresário falido, descontou as suas frustrações no pequeno Norman. Ele começa a perceber que não poderia depender financeiramente de ninguém e começa a trabalhar depois da escola, guardando cada centavo ganho. A última coisa que Norman desejava era tornar-se um fracassado como o seu pai. Aluno brilhante,  forma-se em Química, Engenharia Elétrica e Administração. Um dos seus professores, Mendel Stromm, torna-se o melhor amigo de Norman e, juntos, eles constroem a Oscorp.
    Norman casa-se com a sua namorada na faculdade, Emily, e dessa relação nasce Harry, o seu único filho. Tudo parecia correr bem até Emily adoecer e falecer. Após a morte dela, Norman passou a dedicar-se ao trabalho tendo pouco tempo para Harry. Ambicioso, Norman Osborn decide ter o controlo total da Oscorp, o que consegue quando Mendel é preso por práticas ilegais. Enquanto lia algumas anotações do ex-sócio, Norman encontrou uma fórmula secreta que o faria superpoderoso. No entanto, o seu filho Harry, cansado de ser ignorado e rejeitado pelo pai, trocou os compostos da fórmula, o que a tornou verde e acabou explodindo no rosto de Norman.
    Nascia assim o Duende Verde. Ironicamente, a mesma fórmula que lhe concedeu habilidades sobre-humanas, originou também a sua insanidade. E seria essa a sua maior fraqueza. A sua mente instável leva-o a ser impulsivo e, por conseguinte, a cometer erros que, não raras vezes, ditam a sua derrota.
    Obcecado pelo Homem-aranha, o Duende Verde logrou descobrir a verdadeira identidade do heroi após capturá-lo. O seu némesis era, afinal, Peter Parker, o melhor amigo do seu filho Harry. Para provar a sua superioridade, o Duende solta o aracnídeo que, todavia, parte no seu encalço. Sobrevivendo a uma violenta descarga elétrica, o vilão fica amnésico. Recuperaria a memória algum tempo depois e voltaria a infernizar a vida do Homem-aranha. Sequestra então  Gwen Stacy, a namorada de Peter Parker à época. Ao tentar salvar a rapariga de uma queda fatal, o Homem-aranha acaba por ele próprio a matá-la acidentalmente. Na batalha que se segue, o Duende Verde acaba por ser morto empalado pelo próprio planador.
     Durante o período em que Norman Osborn foi dado como morto, surgiram outros duendes, entre os quais Harry Osborn que culpava o Homem-aranha pela morte do pai e queria vingar-se. Também o ex-psiquiatra de Norman, Barton Hamilton, usou durante algum tempo a máscara do Duende Verde.
     O Duende Verde inspirou ainda algumas variantes suas como o Duende Macabro (sobre o qual falarei futuramente).
     Atualmente, após os eventos narrados em Invasão Secreta, Norman Osborn assumiu a identidade do Patriota de Ferro e lidera os Vingadores Sombrios, sendo aclamado como salvador dos EUA.
     Presença assídua em várias séries e filmes animados do Homem-aranha, o Duende Verde foi o vilão eleito para co-estrelar o primero filme do Cabeça de Teia, datado de 2002. Numa prestação que ficou aquém das expetativas, é interpretado por Willem Dafoe. Já em "Homem-aranha 3" (2007), tal como na BD, é Harry Osborn (James Franco) quem assume a identidade do Duende.
O Duende Verde em "Spiderman" (2002).


       

Sem comentários:

Enviar um comentário