clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

NÉMESIS: MÍSTICA




    Quem é realmente Mística, a enigmática mutante de pele azul e mil caras? Será ela uma vilã de sangue-frio ou uma vítima do preconceito? Tirem as vossas próprias conclusões lendo a sua biografia...

Nome original: Mystique
Criadores: Chris Claremont e Dave Cockrum
Licenciadora: Marvel Comics
Primeira aparição: Miss Marvel nº17 (junho de 1978)
Identidade civil: Raven Darkholme
Parentes conhecidos: Kurt Wagner (filho), Graydon Creed (filho) e Anna Marie Raven (filha adotiva)
Filiação: Irmandade dos Mutantes, X-Men, Força Federal, X-Factor, etc.
Base de operações: móvel
Poderes e habilidades: Sendo o transformismo a sua principal habilidade mutante, Mística é também imune a uma vasta gama de doenças e envelhece mais lentamente do que os humanos. Possui uma agilidade sobre-humana, fator de regeneração e elevada resistência a ataques psíquicos. É ainda uma exímia estratega e lutadora corpo-a-corpo.

    Desde muito nova, Raven Darkholme aprendeu a ter controlo sobre o seu dom mutante de transmutação, podendo manter sempre uma falsa aparência humana. De acordo com uma prequela escrita por Chuck Austen, ela teve um relacionamento secreto na Alemanha com o mutante Azazel (enquanto era casada com o barão Christian Wagner). Dessa relação nasceu  Kurt Wagner, um mutante  de pele azul e aparência demoníaca (parecido com Azazel), que mais tarde se tornaria Noturno, integrante dos X-Men. Perseguida pela ira dos habitantes locais, Raven foi obrigada a lançar a um rio o recém-nascido para salvar a sua própria vida.
    Incapaz de mostrar  o seu verdadeiro rosto com medo da discriminação, Mística  tornou-se uma mestra em manipular as pessoas e em mentir para garantir a sua sobrevivência entre os humanos. Usar os seus poderes em prol da humanidade mostrou-se sempre difícil e a cada insucesso ela ficava mais frustrada e raivosa. Em razão disso, passou a acreditar que a humanidade a odiava.
    Assim, Mística veio a atuar como mercenária, trabalhando para a organização terrorista H.I.D.R.A. Só ganhou contudo notoriedade enquanto líder da segunda formação da Irmandade dos Mutantes, grupo responsável pela tentativa de assassínio do senador Robert Kelly, um ativista antimutante. Os planos da Irmandade foram - como de resto em muitas outras ocasiões - gorados pelos X-Men.
   Mística viveu após isso um caso amoroso com a sua companheira de equipa Sina, e as duas adotaram uma jovem mutante chamada Anna Marie que mais tarde assumiria a identidade de Vampira e se juntaria aos X-Men.

Mística à frente da Irmandade dos Mutantes.

    Numa reviravolta surpreendente, Mística obteve um indulto ao vincular a Irmandade dos Mutantes ao Governo dos EUA com o nome de Força Federal. Nessa fase, executou várias missões ordenadas pelo Governo, como a prisão de Magneto (seu ex-mentor) e até mesmo dos Vingadores, que estavam a ser investigados por traição.
     Após a extinção da Força Federal, Mística saiu de circulação durante algum tempo. Viria depois a infiltrar-se na recém-formada Tropa X (liderada pelo antigo X-Man Banshee) com o propósito de desencadear uma guerra entre humanos e mutantes. Durante o ataque, matou Solar e feriu Banshee, acabando presa. Mas a sua carreira não terminou aí pois foi recrutada pelo Professor Xavier para levar a cabo arriscadas missões secretas. Acabou, todavia, por trair o mentor dos X-Men.
     No cinema, Mística marcou presença na trilogia X-Men iniciada em 2000, tendo sido representada pela atriz e ex-modelo Rebecca Romijn. Já este ano, na prequela "X-Men: First Class", coube a Jennifer Lawrence interpretar a personagem.
     Mística foi também presença assídua em várias séries de animação estreladas pelos X-Men como X-Men: Evolution e X-Men: Animated Series, entre outras. Surge também como vilã no videojogo X-Men Legends e como personagem não jogável em X-Men Legends II.

Jennifer Lawson (esq.) e Rebecca Romijn encarnaram Mística no cinema.

4 comentários:

  1. Já li. Esta já conhecia!!! Há tanta gente que se faz passar pelo que não é. Infelizmente não são só os mutantes que os fazem.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado por continuares a acompanhar o meu humilde blogue. É verdade que também há muita gente com duas ou mais caras (as chamadas "pessoas feijão frade") que se fazem por passar por aquilo que não são. Reparaste decerto nas semelhanças entre a Mística e a tua adorada Smurfina. Garanto-te contudo que são meras coincidências... ;)

    ResponderEliminar
  3. Todos nós nos deparamos diarimente por quem se faz passar por aquilo que não é. É triste mas real.

    ResponderEliminar