clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

terça-feira, 27 de março de 2012

BD CINE APRESENTA: THE PUNISHER (1989)



      Lançado em Portugal diretamente para o circuito de vídeo sob o insólito título "Fúria Silenciosa", o primeiro filme do Justiceiro passou quase despercebido. Controverso entre os fãs do anti-herói e mal acolhido pela crítica (ainda deslumbrada com o magistral Batman de Tim Burton), o tempo encarregou-se, contudo, de mostrar que fora menosprezado.

Título original: The Punisher
Ano: 1989
País: EUA/Austrália
Duração: 89 minutos
Realização: Mark Goldblatt
Argumento: Robert Mark Kamen e Boaz Yakin
Elenco: Dolph Lundgren (Frank Castle/Justiceiro), Louis Gossett Jr. (Jake Berkowitz) e Jeroen Krabbé (Gianni Franco)
Orçamento: 9 milhões de dólares
Sinopse: Conhecido como "The Punisher", Frank Castle é o mais misterioso e procurado vigilante da cidade. Nos últimos 5 anos, matou 125 malfeitores. É por isso investigado por Jake Berkowitz, um obstinado detetive da polícia que nutre por ele um misto de repulsa e admiração. Castle é, na verdade, um ex-polícia cuja família foi assassinada pela máfia. Vivendo nos esgotos, Castle leva a cabo uma guerra solitária contra o crime organizado. O seu único amigo é um bêbado chamado Shake. Devido aos mortíferos ataques de Castle, os vários clãs mafiosos encontram-se enfraquecidos. Gianni Franco, um dos mais poderosos chefes da máfia, regressa da Europa para assumir o controlo das várias famílias e organizar o contra-ataque. Este facto, porém, atrai a atenção da concorrente Yakuza (a máfia japonesa). Liderada pela implacável Lady Tanaka, a Yakuza ataca a máfia e todos os seus interesses. O objetivo é obrigar Franco e companhia a trabalharem para a Yakuza. Perante a recusa dos seus congéneres mafiosos, Lady Tanaka ordena o rapto do filho de Gianni Franco.
               Após uma tentativa frustrada de resgatar o garoto, Castle é persuadido por Franco a ajudá-lo a salvar o filho e a derrotar a Yakuza. Segue-se um violento assalto ao quartel-general da organização que resulta num massacre. Já com o filho são e salvo, Franco trai Castle e tenta matá-lo mas este ganha o duelo e liquida o criminoso. Antes de desaparecer, Castle avisa o filho de Franco para não seguir as pisadas do pai ou ele virá no seu encalço.
Trailer:http://www.youtube.com/watch?v=umYvv7K4Z_I
Armado até aos dentes, o Justiceiro trava uma guerra sem quartel contra o crime organizado.

Curiosidades: Ao longo do filme, morrem 91 pessoas (sem contar com as que sucumbem nas explosões em massa); Dolph Lundgren fez todas as suas cenas de luta e escreveu os seus monólogos no início e no fim do filme; durante um flashback que mostra a morte da sua família, as filhas de Castle vestem pijamas do Homem-Aranha (o Justiceiro estreou-se nas histórias do aranhiço em 1974); por não ser uma criação sua, Stan Lee não faz a sua habitual aparição no filme.
Uma das facas com a caveira usadas pelo Justiceiro.

Minha avaliação: 55% Era ainda um pré-adolescente quando vi pela primeira vez The Punisher. Pareceu-me tosco e excessivamente violento, além de só vagamente inspirado na banda desenhada homónima. Claro que o facto de, meses antes, ter visto Batman explica em grande medida esta minha avaliação inicial. Também me desagradou a ausência da caveira que a personagem usa como símbolo na BD. Ainda assim, sempre considerei (e continuo a considerar) que Dolph Lundgren foi uma escolha acertada para o papel. Não apenas pelo seu físico imponente mas sobretudo pelas suas expressões faciais. Ao contrário dos seus sucessores (Thomas Jane e Ray Stevenson), Lundgren consegue tornar o Justiceiro realmente assustador, apesar das suas muitas lacunas como ator(?). Quanto ao filme em si, mudei ligeiramente de opinião depois de ter visto as duas mais recentes adaptações ao grande ecrã  (The Punisher e Punisher: War Zone). Embora rústico, o filme original do Justiceiro consegue ser muito melhor do que as suas pretensas sequelas. Recomendo-o a todos os fãs de filmes de ação com muitos tiros, explosões em série e hectolitros de hemoglobina, que não se importem de dar descanso ao cérebro durante os 90 minutos que dura o filme.
Louis Gossett Jr. (à esq.) é o detetive Berkowitz que persegue o Justiceiro.

3 comentários: