clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

sexta-feira, 20 de abril de 2012

HERÓIS EM AÇÃO: SENHOR DESTINO

   
       Conhecido entre nós como Senhor Destino, de molde a evitar confusões com o famoso vilão da Marvel Doutor Destino, este herói, surgido em plena Idade do Ouro dos comics, é um dos mais poderosos e enigmáticos do universo DC. Mestre do misticismo, foi  membro fundador da Sociedade da Justiça da América, a primeira equipa de super-heróis da história dos quadradinhos.

Nome original: Doctor Fate
Primeira aparição: More Fun Comics nº55 (maio de 1940)
Criadores: Gardner Fox e Howard Sherman
Licenciadora: Detective Comics
Identidade civil: Kent Nelson (o primeiro Senhor Destino), Kent V. Nelson (na atual versão)
Parentes conhecidos: Sven Nelson (pai), Celestine Babcock (mãe), Inza Cramer (esposa), Kent Nelson Jr. (filho),  Kent V. Nelson (sobrinho-neto)
Base de operações: Torre do Destino (Salem, Massachusetts)
Filiação: Sociedade da Justiça da América, Liga da Justiça, Tropa dos Lanternas Negros
Poderes e habilidades: Os vastos poderes místicos do Sr. Destino derivam da possessão de Kent Nelson pela entidade Destino (um dos Senhores da Ordem chamado Nabu). Durante a Idade do Ouro, o Sr. Destino era considerado o segundo herói mais poderoso do universo DC, apenas suplantado pelo Espectro. Graças ao Elmo de Nabu, ao Amuleto de Anúbis e ao Manto do Destino, a telecinese, a levitação, a projeção astral, a telepatia e a manipulação magnética fazem parte do seu infindável repertório de habilidades. Às quais acrescem ainda força ampliada, invulnerabilidade, transmutação e a capacidade de viajar no tempo e entre dimensões. Porém, também possui algumas fraquezas: sem o Elmo de Nabu, Kent Nelson, embora dotado de pequenos poderes mágicos, não passa de um homem comum. O principal ponto fraco do Sr. Destino é, de resto, a sua forma física que pode ser destruída. O facto de não ter sido concebido para ser masculino ou feminino mas sim uma simbiose de ambos impede-o de atingir o seu pleno potencial.
Embora com Espectro na capa, foi neste número de More Fun Comics que o Sr. Destino se estreou.

Biografia: Em 1920, o arqueólogo Sven Nelson organizou uma expedição ao Vale do Ur na antiga Mesopotâmia. O seu filho Kent acompanhou-o e, acidentalmente, provocou a morte do progenitor. Certo dia descobriram um pirâmide subterrânea que encerrava uma misteriosa tumba. Tratava-se do túmulo de Nabu, um feiticeiro ancestral do planeta Cilia, que se mantivera em animação suspensa durante milhares de anos. Movido pela curiosidade, o jovem Kent abriu a tumba. Foi assim libertado um gás venenoso que matou Sven. Compadecido da tragédia do jovem, Nabu decidiu adotá-lo e iniciá-lo no estudos das artes místicas. Seria, no entanto, revelado mais tarde que Nabu orquestrara a situação a fim de obter um novo hospedeiro.
                 Ao longo de duas décadas, Kent Nelson aprendeu os segredos do universo e foi treinado para se tornar um agente dos Senhores da Ordem no seu interminável conflito com os Senhores do Caos.  Finda a sua preparação, Nabu ofereceu a Kent Nelson três poderosos artefactos: o Elmo de Nabu, o Manto do Destino e o Amuleto de Anúbis.
                Já sob a identidade de Senhor Destino, Kent Nelson regressou aos Estados Unidos onde iniciou uma cruzada contra o crime e qualquer tipo de ameaças sobrenaturais. No entanto, Nabu, através do elmo, guiaria sempre as suas ações e, ao despertar dessa espécie de transe, Kent Nelson apenas se lembraria vagamente das aventuras vividas pelo seu alter ego. Pouco tempo depois conheceria uma bela estudante universitária, de sua graça Inza Cramer, que viria a desposar.
                Durante a II Guerra Mundial, o Sr. Destino encontrou-se pela primeira vez com outro herói. Nada mais nada menos do que o Espectro, a Ira de Deus. Juntos, destruíram um portal dimensional criado pelos militares que dava acesso a uma realidade habitada por demónios. A pedido do Presidente Roosevelt, eles formaram, em conjunto com outros super-heróis da época como as versões originais do Lanterna Verde, do Flash e do Gavião Negro, a Sociedade da Justiça da América.

A Sociedade da Justiça da América.

                Nesse período, o Elmo de Nabu tornou-se cada vez mais possessivo, levando Kent Nelson a tomar a medida drástica de usar apenas metade do seu poder.  Em meados dos anos 1950, acabaria mesmo por desistir da sua carreira heroica, optando por trabalhar na área da Física, já depois de ter casado com Inza Cramer.
               Voltaria, no entanto, a usar o Elmo de Nabu e a fazer parte da Sociedade da Justiça  da América quando esta foi reativada na década de 1960. Ao contrário, porém, dos seus camaradas, Kent Nelson não envelhecera devido à pequena porção de poder místico que conservara durante esse interregno.
              Na sequência da maquinação de Darkseid para voltar a humanidade contra os seus heróis (eventos narrados na minissérie "Lendas"), o Senhor Destino fundou a nova Liga da Justiça.
              Não tardou, porém, a que a tragédia se abatesse novamente sobre a sua vida. Após o suicídio da sua esposa, Kent Nelson, destroçado, quis também ele pôr termo à vida. Foi, contudo, impedido por Nabu que só o permitiria depois de Kent o ajudar a encontrar um novo hospedeiro. O escolhido foi  Eric Strauss que se tornou assim o segundo usuário do Manto do Destino. Kent descobriu entretanto que o Sr. Destino devia ser uma trindade: homem, mulher e Destino. Depois de quebrar o elo que unia Nabu à entidade Destino, Kent possibilitou que Eric Strauss e a sua amante, Linda, se tornassem no novo Sr. Destino. Nabu, por sua vez, concedeu enfim a morte ao seu antigo hospedeiro. As almas dos Kent desfrutaram uma tranquila vida no Além no interior do Amuleto de Anúbis, onde criaram o filho do casal, Kent Nelson Jr.
             Durante uma batalha em Apokolips, Eric Strauss foi morto. Coube assim a Linda assumir sozinha o poder do Sr. Destino. Não tardou, porém, a ser também ela assassinada pelos Senhores do Caos. Ressuscitados em novos corpos, Kent Nelson e Inza Cramer fundiram-se para dar origem ao novo Sr. Destino.
             Houve ainda dois outros hospedeiros, Jared Stevens e Hector Hall. Ambos usaram o Elmo de Nabu por um curto período de tempo. Atualmente, o legado do Sr. Destino pertence a Kent V. Nelson, sobrinho-neto do primeiro Sr. Destino.
             Fora da banda desenhada, o Sr. Destino tem participado ao longo dos anos em várias séries de animação produzidas pela DC, assim como em Smallville onde foi interpretado por Brent Stait.
              
O Sr. Destino também marcou presença em Smallville.
                   

4 comentários:

  1. Apenas conhecia o Sr. Destino de nome. Espero ler em breve algo do Sr. Destino.
    Ótimo post.

    ResponderEliminar
  2. "entretanto que o Sr. Destino devia ser uma trindade: homem, mulher e Destino. Depois de quebrar o elo que unia Nabu à entidade Destino, Kent possibilitou que Eric Strauss e a sua amante, Linda, se tornassem no novo Sr. Destino."

    Esta fase saiu no Almanaque Dc 2000 que curiosamente comprei pela Capa do Dr Fate.Ver Abaixo;

    http://www.guiadosquadrinhos.com/ShowImage.aspx?id=5842&path=abril/d/dcd0301015.jpg

    http://media.comicvine.com/uploads/0/4/27387-3995-30385-1-doctor-fate_super.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acompanhei a referida fase do Senhor Destino no saudoso "DC 2000" (publicado pela Abril Jovem entre 1990-94). Um título que se vangloriava de estar uma década à frente no seu tempo e que, no início, muito prometeu. Foram lançados 59 números, os quais possuo na totalidade.

      Eliminar
  3. Adoro esse personagem...foi de longe o meu favorito.E na atualidade, quais as aparições e novidades do Senhor Destino?

    ResponderEliminar