clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

quarta-feira, 13 de março de 2013

DO FUNDO DO BAÚ

 



      Coincidindo com o tremendo êxito momentâneo de ambas as equipas - e na esteira de outras iniciativas conjuntas - no dealbar da década de 1980 a Marvel e a DC voltaram a juntar-se para presentear os fãs com um novo épico protagonizado pelos X-Men e Novos Titãs.
 
Título: Grandes Heróis Marvel nº9
Data: Setembro de 1985
Número de páginas: 84
Formato: Formatinho (13,5 cm x 19 cm), colorido com lombada quadrada
Licenciadoras: Marvel Comics e DC Comics
Editora: Abril Jovem
Argumento: Chris Claremont
Arte: Walter Simonson
Publicado originalmente em: Marvel and DC Presents: The Uncanny X-Men And  The New Teen Titans nº1 (1982)
História de publicação: Devido ao sucesso de anteriores crossovers Marvel/DC (Superman versus Homem-Aranha e Batman versus O Incrível Hulk), as duas editoras decidiram dar continuidade a essas sinergias. Desta feita, foram reunidas as duas respetivas superquipas mais populares na época: X-Men e Novos Titãs. Para dar forma ao projeto foi escolhida uma equipa criativa de luxo,  composta por Chris Claremont (argumento), Walter Simonson (desenhos) e Terry Austin (arte-final). Como parte do acordo entre as licenciadoras, foi estipulado que no ano seguinte seria produzida uma continuação com a DC no comando das operações (o que não viria a verificar-se, em consequência de insanáveis divergências entre esta e a Casa das Ideias). Marv Wolfman e George Pérez chegaram a ser selecionados para produzirem a dita sequela, tendo o primeiro chegado a confirmar que os heróis teriam como antagonistas o Irmão Sangue e o Clube do Inferno. Apenas nos anos de 1990, porém, é que a Marvel e a DC vieram a reencontrar-se, no âmbito da controversa minissérie Marvel versus DC (sobre a qual aqui falarei oportunamente).
         Lançada originalmente nos EUA em finais de 1982, chegaria três anos depois às mãos dos leitores lusófonos integrada na primeira série de Grandes Heróis Marvel - publicada trimestralmente pela Abril Jovem entre 1983 e 1999 - sendo posteriormente reeditada pela mesma editora em Grandes Encontros Marvel e DC nº2 (1993).
          A história desenrola-se no período pré-Crise nas Infinitas Terras, na chamada Terra Crossover, pelo que não figura na cronologia oficial de ambas as editoras.
Na minha coleção desde: 1988
 
Capa original de The Uncanny X-Men and The New Teen Titans (1982).
 
Sinopse: A trama inicia-se com Darkseid ajudando Metron a ultrapassar a Muralha, uma construção no fim do Universo, que contém os segredos de toda a existência. Em troca, recebe um aparelho capaz de amplificar um pensamento milhares de vezes. Na posse dessa poderosa máquina, o vilão invade a Mansão Xavier, lar dos X-Men, e absorve as memórias que os membros do grupo conservavam de Jean Grey, a qual entretanto se transformara na Fénix Negra (vide Némesis: Fénix Negra), uma entidade com poder suficiente para destruir o Universo conhecido.
           Com as memórias dos heróis mutantes, Darkseid (ver Némesis: Darkseid) descobre a localização exata de todos os lugares onde a Fénix Negra manifestou os seus poderes. Essa informação é então transmitida ao inimigo jurado dos Novos Titãs, o Exterminador, que, em conjunto com os Parademónios do soberano de Apokolips, começa a recolher a energia residual que a entidade deixou em cada um desses lugares.
            Entretanto, os X-Men são assombrados por pesadelos onde a sua ex-companheira clama por socorro. Não tarda a que a equipa descubra que os locais por onde a Fénix Negra passou estão sob ataque.
            Enquanto isso, na Torre Titã, Ravena pressente a ameaça representada pelo regresso da Fénix Negra. À exceção de Estelar, que já ouvira falar da lenda da poderosa entidade cósmica responsável pela destruição de galáxias inteiras, nenhum dos Titãs entende o que a sua companheira lhes transmite. Mesmo assim, o grupo resolve agir. Invadindo a Mansão X em busca de pistas, são sequestrados pelos Parademónios, enviados por Darkseid para capturar os X-Men.
Darkseid: A team-up most devastating - Marvel and DC Present: The Uncanny X-Men and The New Teen Titans
Fénix Negra e Darkseid: o eixo do Mal.
Wolverine versus Exterminador: duelo de máquinas assassinas.

             Noutro lugar, os heróis mutantes também foram capturados, um a um, pelo Exterminador e alguns Parademónios. Tudo fazendo parte do plano arquitetado por Darkseid com vista a usar a força e as memórias dos X-Men para trazer a Fénix Negra de volta. O vilão revela então a sua intenção de transformar a Terra num novo Apokolips, o seu infernal planeta-natal.
            Perante este quadro, os X-Men e os Novos Titãs decidem unir forças para frustrarem os planos de Darkseid. Enquanto os restantes combatem o Exterminador e as hordas de Parademónios, Ravena e o Professor Xavier juntam esforços para neutralizar a Fénix Negra.
            No final, os heróis não só conseguem derrotar Darkseid como o aprisionam no interior da Muralha.
 
Novos Titãs e X-Men: uma parceria de sucesso.



4 comentários:

  1. Bom post.
    Mesmo do fundo do baú :)
    Tive a edição brasileira, mas infelizmente perdi-lhe o rasto :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço, em primeiro lugar, o elogio. :)
      Efetivamente, para escrever este texto, tive organizar uma expedição arqueológica ao meu acervo. Mas valeu a pena recordar uma das histórias que mais marcaram a minha infância, por reunir duas equipas que viviam as suas respetivas épocas áureas. Apenas os desenhos de Walt Simonson não estão, a meu ver, totalmente à altura desse épico.

      Eliminar