clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

terça-feira, 6 de maio de 2014

HEROÍNAS EM AÇÃO: FEITICEIRA ESCARLATE





        Antes de ser uma Vingadora fez parte da Irmandade de Mutantes, liderada pelo pai (Magneto). Devido ao seu formidável poder de alterar possibilidades e à sua mente volátil, é temida tanto pelos seus inimigos como pelos seus aliados. Temor reforçado após a Feiticeira Escarlate ter usado as suas habilidades para erradicar a quase totalidade da população mutante da Terra.

Nome original da personagem: Scarlet Witch
Primeira aparição: X-Men nº4 (março de 1964)
Criadores: Stan Lee (história) e Jack Kirby (arte)
Licenciadora: Marvel Comics
Identidade civil: Wanda Maximoff
Local de nascimento: Montanha Wundagore (na nação fictícia de Transia, localizada no leste europeu)
Parentes conhecidos: Erik Lehnsherr/Magneto (pai), Magda (mãe), Pietro Maximoff/Mercúrio (irmão), Django e Marya Maximoff (pais adotivos), Visão (ex-marido)
Afiliação: Irmandade de Mutantes, Vingadores, Vingadores da Costa Oeste, Defensores Secretos
Base de operações: Torre dos Vingadores, Nova Iorque

Na sua primeira aparição, em X-Men nº4 (1964), Wanda Maximoff  (à direita de Magneto) usava uma indumentária verde.
 
Armas, poderes e habilidades: Mutante, a Feiticeira Escarlate nasceu com a habilidade de manipular as probabilidades. Uma habilidade que pouco tem, no entanto, a ver com magia. Ainda assim, ela refere-se aos seus poderes como "feitiços" ou "encantamentos". Estes possuíam inicialmente um curto alcance, limitado ao campo de visão da heroína. Para lançá-los, é necessária enorme concentração por parte dela. O que não é garantia de precisão e eficácia. Em situações de cansaço ou de uso excessivo dos poderes por parte de Wanda, os seus feitiços podem ter o efeito contrário ao pretendido ou até anular outros previamente conjurados.
        Originalmente, os poderes da Feiticeira Escarlate manifestavam-se subconscientemente. Eram, pois, espoletados quando ela fazia um determinado gesto ou formulava um determinado desejo. À época, contudo, os seus feitiços apenas causavam má sorte aos seus alvos.
        Com o passar do tempo, Wanda foi adquirindo um cada vez maior domínio sobre as suas habilidades, as quais passaram a manifestar-se somente quando ela assim o desejava. Também deixaram de produzir apenas efeitos negativos. Existe uma ténue linha que separa o possível do impossível e a Feiticeira Escarlate consegue manipulá-la.
        À medida que foi sublimando os seus dons, Wanda passou a poder emitir rajadas energéticas, conter ou remover oxigénio de um volume, rechaçar objetos, congelar projéteis em pleno ar, gerar campos de força, defletir ataques místicos e produzir explosões. Mais recentemente, desenvolveu ainda a capacidade voar.
        Após descobrir que estava predestinada a ser um catalisador vivo para as energias místicas que emanam da Terra, a Feiticeira Escarlate passou a conseguir expandir os seus encantamentos para níveis nunca vistos.
        Tendo sido treinada pelo Capitão América, Wanda é uma excelente lutadora corpo a corpo. Dada a sua vasta experiência em combate como Vingadora, é ainda uma dotada estratega.

 
Fraqueza: Apesar de presentemente aparentar estar sã, a estabilidade mental da Feiticeira Escarlate está longe de ser inquestionável. Facto que deixa apreensivos mesmo os que lhe são mais próximos.
       Durante o período em que esteve casada com o androide Visão, e perante a impossibilidade de o casal procriar, ela gerou dois filhos que, na verdade, não passavam de manifestações do seu desejo subconsciente de ser mãe. Mais recentemente, Wanda usou os seus poderes para eliminar o gene X em 99% da população mutante da Terra. Daí resultando uma catastrófica cadeia de eventos que culminou numa épica contenda que opôs os Vingadores aos X-Men.

Os poderes da Feiticeira Escarlate não pararam de crescer ao longo dos anos, assim como a sua instabilidade mental.

Histórico de publicação: A Feiticeira Escarlate, em conjunto com o seu irmão, Mercúrio, debutou, integrando a Irmandade de Mutantes, nas páginas de X-Men nº4, em março de 1964.
        Depois de breves aparições como vilões em números subsequentes da aludida série, os gémeos transferiram-se para os Vingadores, iniciando assim as suas carreiras heroicas.
        Até 1968, a Feiticeira Escarlate foi um membro ocasional da equipa. Só um par de anos depois, em 1970, ganhou o estatuto de membro permanente.
        Entre novembro de 1982 e fevereiro de 1983, Wanda estrelou, ao lado do seu então marido e colega Vingador,Visão, uma série limitada composta por quatro números. Intitulada The Vision and the Scarlet Witch, foi escrita por Bill Mantlo e desenhada por Rick Leonardi.
        A partir de outubro de 1985, e ao longo de doze edições, foi lançado um segundo volume da série, cujos argumentos estavam agora a cargo de Steve Englehart e a arte de Richard Howell.

Capa do primeiro número do segundo volume da série limitada The Vision and the Scarlet Witch (1985).
      Quase uma década volvida, em 1994, a Feiticeira Escarlate teve direito a um série limitada própria (Scarlet Witch), da qual foram editados quatro números.
       Em 1998, George Pérez concebeu um novo uniforme para a personagem, inspirado nos trajes das sacerdotisas romanas. Contudo, este visual raramente foi utilizado por outros artistas.
       Já este século, em 2007, foi lançada a edição especial Mystic Arcana Scarlet Witch, a que se seguiu Avengers Origins: The Scarlet Witch and Quicksilver, em 2009. Desde 2012 que a Feiticeira Escarlate é presença assídua num dos novos títulos dos Vingadores - Uncanny Avengers -, inserido no projeto Marvel Now (Nova Marvel).
 

Heroína ou ameaça? Persiste a dúvida.


Biografia: Uma jovem mulher grávida chamada Magda procurou refúgio na montanha Wundagore, na nação de Transia, depois de ver o seu marido, Magnus, usar os seus poderes magnéticos pela primeira vez. A referida montanha servia de lar ao Alto Evolucionário e foi lá que Magda deu à luz dois gémeos (um menino e uma menina).
      Receando que Magnus descobrisse a existência das crianças, Magda abandonou-as no laboratório do Alto Evolucionário e partiu a coberto da noite, acabando contudo por sucumbir aos elementos.
      Os gémeos foram então entregues pelo Alto Evolucionário aos cuidados de um casal cigano - Django e Marya Maximoff - que os criaram como se fossem seus filhos e os batizaram de Wanda e Pietro.
      Já adolescentes, os gémeos descobriram a sua natureza mutante que lhes confere habilidades extraordinárias. Com efeito, Pietro possui supervelocidade, ao passo que a irmã tem o dom de alterar as possibilidades. Quando ambos usaram os seus poderes em público pela primeira vez, quase foram linchados por uma multidão supersticiosa que os tomou por demónios.


Filhos de Magneto, Feiticeira Escarlate e Mercúrio são irmãos inseparáveis.
 
      Pouco depois, a mesma turba enfurecida atacou o acampamento cigano onde residia a família Maximoff. Ao usar as suas habilidades recém-descobertas para se proteger, Wanda causou um incêndio que matou acidentalmente a sua mãe adotiva.
      Wanda e Pietro acabaram por ser resgatados por Magneto, líder do grupo terrorista conhecido como Irmandade de Mutantes. A convite deste, os gémeos juntaram-se às fileiras da organização, passando a atuar sob os codinomes Mercúrio e Feiticeira Escarlate. Todavia, na altura, tanto eles como Magneto ignoravam em absoluto os laços familiares que os uniam. Muito tempo atrás, Magneto fora Magnus, pai biológico dos dois mais recentes membros da Irmandade.
      Durante a sua efémera colaboração com a organização de Magneto, Mercúrio e Feiticeira Escarlate defrontaram algumas vezes os X-Men. Com o passar do tempo, porém, os dois irmãos tornaram-se cada vez mais relutantes em participar nas ações da Irmandade. Faziam-no apenas pelo débito de gratidão que tinham para com o seu líder.
      Quando Magneto e Sapo - outro dos seus apaniguados - foram capturados pelo Estranho, a Irmandade de Mutantes foi dissolvida. Wanda e Pietro aproveitaram o ensejo para se afastarem, dando como saldada a sua dívida.
      Pouco tempo depois, os gémeos foram recrutados pelo Homem de Ferro para se juntarem aos Vingadores. Juntamente com o Capitão América e o também ex-criminoso Gavião Arqueiro, a Feiticeira Escarlate e Mercúrio formaram a terceira geração da equipa.


Da esq. para a dir.: Gavião Arqueiro, Capitão América, Mercúrio e Feiticeira Escarlate. A terceira geração de Vingadores incluía três ex-criminosos. 

     Wanda cedo se tornou próxima do Gavião Arqueiro ao mesmo tempo que se revelava um membro leal dos Vingadores, até ser acidentalmente atingida numa missão contra Magneto. Na sequência deste incidente, Mercúrio procurou auxílio junto do seu antigo mentor, que o transportou a ele e à sua irmã ferida para a sua base secreta localizada algures no Atlântico. Lá permaneceram durante algumas semanas enquanto a Feiticeira Escarlate recuperava dos seus ferimentos. Durante a sua estadia os gémeos assistiram à captura dos X-Men e tomaram finalmente consciência da malignidade de Magneto.
     Readmitidos nos Vingadores, os gémeos passaram a agir ao lado de novos integrantes da equipa. Wanda enamorou-se por Visão, um androide originalmente criado por Ultron para destruir o grupo. Os dois acabaram por envolver-se emocionalmente, não obstante a forte oposição de Mercúrio e do Gavião Arqueiro. O primeiro não aceitava a ideia de a irmã amar um robô, ao passo que o segundo há muito amava Wanda em segredo. A despeito destas objeções, o Visão e a Feiticeira Escarlate acabaram mesmo por casar, com a bênção de todos os seus companheiros de equipa.
     Crescentemente frustrada com as flutuações das suas habilidades mutantes, Wanda providenciou como sua tutora uma genuína mestra da feitiçaria de seu nome Agatha Harkness. O treino a que foi sujeita permitiu à Feiticeira Escarlate controlar melhor os seus talentos.

 
     Entretanto, Pietro foi raptado por Django Maximoff e levado de volta para a montanha Wundagore. Wanda, por seu lado, foi temporariamente possessa pelo demónio Chthon. Quando se libertou da influência demoníaca, descobriu, por intermédio de uma antiga serviçal do Alto Evolucionário, que Django e Marya Maximoff não eram os seus pais biológicos.
     Quase em simultâneo, enquanto procurava descobrir o paradeiro de Magda, Magneto descobriu que Mercúrio e a Feiticeira Escarlate eram seus filhos. O vilão apressou-se a transmitir-lhes essa informação coincidindo a revelação com o nascimento de Luna, filha de Mercúrio e, portanto, sua neta.
    Transtornada pelos acontecimentos, Wanda convence o Visão a suspenderem temporariamente a sua atividade como Vingadores e a mudarem-se para uma pequena cidade em Nova Jérsia. Com as suas habilidades ampliadas, a Feiticeira Escarlate concebeu artificialmente dois filhos. Antes, porém, do nascimento das crianças - dois rapazes, Thomas e William - chegou ao fim o casamento de Wanda e do Visão.
    Ainda destroçada por este revés, a sanidade mental de Wanda foi uma vez mais abalada pela descoberta de que os seus filhos não eram reais, mas meras projeções do seu desejo subconsciente de ser mãe. Condoída pelo atroz sofrimento emocional da sua pupila, Agatha Harkness apagou temporariamente as suas memórias de Thomas e William.
    Vários anos depois, recuperadas essas memórias, Wanda procurou o Doutor Destino na esperança de que este pudesse ressuscitar os seus filhos. O vilão aceita o desafio e os dois conjuram uma misteriosa e poderosa entidade cósmica que se funde com a Feiticeira Escarlate. Sob influência da entidade, a Feiticeira Escarlate lançou uma campanha de terror contra os Vingadores, a quem culpava pela morte de Thomas e William.
     Apenas os esforços combinados dos Vingadores e do Doutor Estranho conseguiram deter a fúria incontrolável de Wanda, que foi colocada em estase. De seguida Magneto apareceu em cena e, perante a anuência dos heróis, reclamou o corpo inerte da filha.


Só a muito custo os Vingadores e o Dr. Estranho lograram deter uma Feiticeira Escarlate ensandecida.
      Suspeitando que os Vingadores e os X-Men estavam a considerar seriamente a hipótese de matar a sua irmã devido à crescente instabilidade dos seus poderes, Mercúrio convence Wanda a criar um mundo onde todos os desejos fossem possíveis, um mundo dominado por Magneto e no qual todo o clã Maximoff pudesse estar finalmente reunido. Nasceu assim a Casa de M.
      Rapidamente, porém, o sonho degenerou em pesadelo e, em resultado disso, a Feiticeira Escarlate usou os seus poderes para eliminar 90% da população mutante da Terra.
      Terminado o conflito que ulteriomente opôs os X-Men aos Vingadores, Wanda foi reabilitada e, a convite do Capitão América, integra agora uma unidade especial reunindo elementos de ambas as equipas. Não consegue, porém, vencer a desconfiança e a  animosidade de Vampira.

Três palavrinhas bastaram para decretar o quase extermínio dos mutantes.
     
Noutros media: Eleita pela revista Wizard  como a 97ª melhor personagem de banda desenhada de todos os tempos - num universo de 200 -, a Feiticeira Escarlate ocupa ainda a 14ª posição no Top 100 das mulheres mais sexys dos comics do Comics Buyer's Guide.
      Ao longo dos anos a heroína participou num sortido de séries de animação estreladas por outras personagens do universo Marvel, como X-Men: Evolution (1992), The Avengers: United They Stand (1999) ou, mais recentemente, em Ultimate Spider-Man (2012).
      Depois de ter estado prevista uma aparição da Feiticeira Escarlate no filme X-Men: Days of Future Past (que chegará a 22 de maio próximo às salas de cinema portuguesas), a cena em questão acabou por ser apagada na versão final da película realizada por Bryan Singer.
      Está no entanto confirmada a sua participação, bem como a do seu irmão Mercúrio, em Avengers: Age of Ultron (a estrear em 2015), sendo interpretada pela atriz Elizabeth Olsen. Antes, numa cena após os créditos finais de Captain America: The Winter Soldier (2014), os dois surgem como prisioneiros do Barão Von Strucker.

Elizabeth Olsen dará vida à Feiticeira Escarlate no cinema.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário