clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

BD CINE APRESENTA: BATMAN REGRESSA






 
      Três anos após o estrondoso sucesso do primeiro filme do Cavaleiro das Trevas, Batman Regressa chegava às salas de cinema de todo o mundo. Novamente dirigido por Tim Burton e ainda com Michael Keaton a envergar o manto do morcego, a sequela não desiludiu.
 
Título original: Batman Returns
Ano: 1992
País: Estados Unidos da América
Duração: 126 minutos
Realização: Tim Burton
Argumento: Daniel Waters e Sam Hamm
Elenco: Michael Keaton (Bruce Wayne/Batman), Danny DeVito (Pinguim), Michelle Pfeiffer (Selina Kyle/Catwoman) e Christopher Walken (Max Shreck)
Orçamento: 80 milhões de dólares
Receita: 267 milhões de dólares
Sinopse: Um bebé deformado é lançado no rio de Gotham City pelos seus pais horrorizados. Trinta e três anos mais tarde, a criança, Oswald Cobblepot, ressurge como o horrível Pinguim. Este chantageia o milionário Max Shreck, com provas dos seus crimes corporativos, para ajudá-lo a descobrir a identidade dos seus progenitores. O Pinguim 'resgata' o filho do mayor da cidade, quando ele é sequestrado a mando do vilão. O que faz dele uma figura heroica aos olhos da opinião pública. Quando a dramática história pessoal do Pinguim é difundida pelos media,  granjeado-lhe enorme simpatia e popularidade, Shreck giza um plano para derrubar o mayor em funções e eleger Cobblepot em seu lugar, a fim de consolidar o seu controlo sobre a cidade e completar o projeto de usina nuclear, em que vem trabalhando. Batman, no entanto, suspeita que o Pinguim e a sua quadrilha, são responsáveis ​​por vários raptos e assassinatos de crianças. Enquanto isso, Shreck atira a sua secretária, Selina Kyle, do alto do prédio da sua empresa, quando ela descobre a verdadeira natureza dos seus planos: construir uma usina nuclear para sugar a energia de Gotham.
              Selina sobrevive à queda, mas sofre um surto psicótico que muda a sua personalidade. Agora influenciada pela sua obsessão por gatos e livre de quaisquer restrições sociais ou morais, Selina  projeta uma nova identidade, tornando-se a Catwoman, com o fito de se vingar do seu ex-patrão. Selina, entretanto, apaixona-se  pelo alter-ego de Batman, Bruce Wayne, dando origem a um romance com tanto de intenso como de arriscado.
Ignorando as respetivas identidades secretas, Bruce Wayne e Selina Kyle envolvem-se sentimentalmente.
 
Catwoman e Pinguim forjam uma aliança contra o seu inimigo comum: Batman.
 
              Num esforço conjunto para livrarem Gotham City do Batman, o Pinguim e a Catwoman unem forças. Com esse propósito, o Cavaleiro das Trevas é incriminado pela morte de uma modelo, o que vira opinião pública contra o herói.
              Quando Batman expõe publicamente a verdadeira índole do candidato a mayor, arruinando os seus desígnios políticos, o Pinguim retalia, ordenando o rapto de todos os primogénitos da alta sociedade gothamita. Entre eles, o filho de Max Shreck, que pede para ser levado em seu lugar.
              Batman frustra os planos do Pinguim, que, em desespero, ordena o lançamento de mísseis acoplados a um exército de pinguins telecomandados. Batman consegue interferir na frequência de rádio que controlava as aves e redireciona o ataque para a base subterrânea do vilão. Segue-se um breve confronto entre ambos, o qual culmina com a queda do Pinguim num lago de águas tóxicas.
              Batman tenta persuadir Catwoman a poupar a vida de Max Shreck e a entregá-lo às autoridades. Chegando mesmo a revelar a sua identidade secreta. Shreck, contudo, dispara sobre ambos, atingindo Catwoman. Usando um taser, a bela vilã beija Shreck, eletrocutando ambos.
              Mais tarde, quando regressa a casa na sua limusina, o milionário Bruce Wayne acredita ter visto a silhueta da Catwoman, o que o leva a crer que talvez ela não tenha gasto todas as suas nove vidas...
 
O Cavaleiro das Trevas regressa para livrar Gotham City de uma dupla ameaça.
 
Curiosidades:
* A caracterização de Denny DeVito durava duas horas, estando o ator expressamente proibido de a descrever a quem quer que fosse (família incluída);
* Annette Benning fora a eleita para vestir o sensual traje de couro da Catwoman, mas acabou substituída por Michelle Pfeiffer, depois de ter engravidado;
* A nova armadura de Batman pesava 25 kg;
* Nem Burton nem Keaton haviam assinado qualquer contrato para uma futura sequela;
* Ao longo dos seis meses de filmagens, Pfeiffer usou 60 fatos de Catwoman, cujo preço unitário era de mil dólares;
* No guião original, estava prevista a inclusão de Robin no filme, mas o parceiro de Batman acabaria por ser descartado;
* De acordo com o relato do responsável pelo casting, Tim Burton sentia-se desconfortável ao dirigir Christopher Walken como Max Shreck, alegadamente porque este o assustava;
* Por exigência de Michael Keaton, a nova armadura do Batman incluía um fecho nas calças.
 
Tim Burton dando indicações a Keaton e Pfeiffer numa cena do filme.
 
 
Minha avaliação: 80%
        Mais negro e perverso do que o filme original, Batman Regressa foi uma digna sequela. E à semelhança do primeiro filme, este deixa-me um sentimento igual: a cada vez que o revejo, mais gosto e mais qualidades lhe encontro. Temos um Danny DeVito com um papel feito à sua medida (não resisti ao trocadilho) e uma Michelle Pfeiffer como a melhor Catwoman de sempre. A introdução de três vilões carismáticos (Catwoman, Pinguim e Max Shreck), é, de resto, uma das pechas do argumento, uma vez que, a espaços, Batman é ofuscado por esse triunvirato criminoso, interpretado por atores de elevada craveira. Ainda assim, Michael Keaton (na minha opinião, o melhor Batman cinematográfico), capta como ninguém a essência obsessiva e taciturna do Homem-Morcego.
       Uma obra inesquecível que não deixava adivinhar o que viria a seguir, quando Joel Schumacher ocupou a cadeira deixada vaga por Burton.