clique aqui e encontre um template com a sua cara - template for blogger»

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

HERÓIS EM AÇÃO: ASA NOTURNA




    Chegado o momento de se emancipar do seu taciturno mentor, Dick Grayson trocou a identidade de Robin pela de Asa Noturna. Não foi, porém, o primeiro a usar esse nome. Tão-pouco deixou de ser um dos principais aliados de Batman, a quem substituiu em algumas ocasiões.

Nome original da personagem: Nightwing
Primeira aparição (como Asa Noturna): Tales of the Teen Titans nº44 (julho de 1984)
Criadores: Marv Wolfman (história) e George Pérez (arte)
Licenciadora: DC Comics
Identidade civil: Richard John "Dick" Grayson
Parentes conhecidos: John e Mary Grayson (pais falecidos); Bruce Wayne (pai adotivo); Damian Wayne, Jason Todd, Tim Drake e Cassandra Cain (irmãos adotivos que, tal como ele, assumiram no passado o manto de Robin)
Afiliação: Ex-líder dos Novos Titãs; ex-membro dos Graysons Voadores, dos Renegados e da Liga da Justiça (como Batman); membro ativo da Corporação Batman
Base de operações: Gotham City e Chicago (onde passou a operar já depois do início de Os Novos 52!)
Armas, poderes e habilidades: Mesmo antes de ser treinado pelo Cavaleiro das Trevas, Dick Grayson era já um atleta e acrobata prodigioso ao serviço dos Graysons Voadores. Às suas extraordinárias aptidões físicas acresce o domínio de diversas artes marciais: boxe, capoeira, aikido, ninjitsu, esgrima, etc.
    Dono de um quociente de inteligência superior à média, Asa Noturna possui elevadas capacidades de análise e dedução, apenas superadas pelas do seu antigo precetor.  É também um mestre da estratégia, do disfarce e do escapismo, além de um líder nato e experimentado. Fascinado pela informática, com o tempo desenvolveu as suas competências nesse campo ao ponto de se tornar um  hacker genial. Decorrendo da refinada educação que lhe foi proporcionada por Bruce Wayne, Dick Grayson é fluente em vários idiomas: inglês, francês, espanhol, russo, mandarim, japonês, entre outros.
     Dentre o equipamento que habitualmente utiliza no combate ao crime, destaca-se o seu traje à prova de bala e de fogo. Confecionado com várias camadas de kevlar e nomex, o uniforme do Asa Noturna já teve três versões: originalmente era azul escuro com luvas e botas azuis claras, sobressaindo uns motivos dourados no peito e ombros; no segundo, mais elaborado, continuou a predominar o azul escuro, mas o azul claro das botas e das luvas foi substituído pelo dourado; na sua terceira variante, a cor predominante passou a ser o preto com uma asa estilizada em azul claro (cor que deu lugar ao vermelho em  Os Novos 52!) espraiando-se pelo peito, ombros e braços do herói.
     Shurikens em forma de asas e bastões de esgrima feitos de um polímero virtualmente inquebrável são as armas de eleição de Asa Noturna. Como meios de transporte, a preferência do ex-pupilo de Batman vai tanto para uma variante do célebre Batmóvel equipada com tecnologia ultrassofisticada como para o Wingcycle (motociclo com características especiais e sidecar acoplado).

http://3.bp.blogspot.com/-xYONwCUaUkk/Uh1_SbTma-I/AAAAAAAADuw/K81X02n-8Cs/s1600/New_Teen_Titans_Vol_1_44.jpg
Tales of the Teen Titans #44 (1984) assinalou a estreia de Asa Noturna.

Predecessores: Em janeiro de 1963, nas páginas de Superman Vol.1 #158, numa história intitulada Superman in Kandor, foi introduzida uma nova personagem denominada Asa Noturna. Tratava-se, com efeito, de um alter ego usado pelo Homem de Aço nas suas ocasionais visitas à cidade engarrafada de Kandor (metrópole sobrevivente à destruição de Krypton). Despojado dos seus superpoderes sob o sol vermelho artificial de Kandor, o herói ( acompanhado por Jimmy Olsen) é confundido com um fora de lei. Inspirando-se nos seus encontros com o Duo Dinâmico, resolve então criar disfarces que lhe permitiriam a ele e ao seu parceiro manterem as suas identidades secretas enquanto atuavam como vigilantes mascarados. A escolha dos respetivos nomes - Asa Noturna e Pássaro Flamejante (Nightwing e Flamebird, na versão original) - derivou de duas espécies de aves kryptonianas.
     Com a ajuda do seu velho amigo Nor-Van, Kal-El converteu o laboratório subterrâneo e o veículo deste em réplicas, respetivamente, da Batcaverna e do Batmóvel.
   Anos depois, em Superman Family #183 (maio/junho de 1977), foi a vez de Van-Zee (um primo distante de Kal-El) e o seu amigo Ak-Var assumirem as identidades de Asa Noturna e Pássaro Flamejante, dando assim continuidade ao legado de Super-Homem e Jimmy Olsen.
     Antes, porém, fora publicada em World's Finest #143 (agosto de 1964), uma história que reunia ambos os Duos Dinâmicos, a qual marcou para sempre o Menino Prodígio. Quando este decidiu sair da sombra de Batman, adotou o nome Asa Noturna em homenagem à personagem original.

http://goodcomics.comicbookresources.com/wp-content/uploads/2009/12/Best13.jpg
Asa Noturna (Super-Homem) e Pássaro Flamejante (Jimmy Olsen) foram o Duo Dinâmico de Kandor na cronologia DC pré-Crise nas Infinitas Terras.
    No entanto, após Crise nas Infinitas Terras, foi convencionado que o Super-Homem não estaria ciente da existência de Kandor e, portanto, jamais teria operado como Asa Noturna. Este adquiriu o estatuto de personagem mitológica. Nesta nova versão, Asa Noturna teria sido um indivíduo que, num passado remoto, perdera a sua família e, em consequência desse facto, empreendera uma vida devotada à proteção dos fracos e oprimidos. Depois de ter ouvido esta narrativa da boca do Homem de Aço, Dick Grayson ficou fascinado por ela e decidiu tomar o nome para si quando saiu da sombra de Batman.

http://media.insidepulse.com/zones/insidepulse/uploads/2011/06/Robin-to-Nightwing-by-George-Perez.jpg
Saindo de baixo da asa do morcego.

Biografia: Órfão na sequência de um ato de sabotagem ordenado por um mafioso que pretendia extorquir dinheiro ao proprietário do circo onde atuavam os Graysons Voadores, Dick Grayson foi perfilhado pelo multimilionário Bruce Wayne. Vendo no garoto um reflexo de si mesmo, Bruce revela-lhe o seu maior segredo (ele e Batman são a mesma pessoa) e convida-o a juntar-se a ele na sua cruzada contra o crime. Nascia assim Robin, o Menino Prodígio*.
    Aos 17 anos, Robin (num sinistro prenúncio para a tragédia envolvendo, anos depois, o seu sucessor) foi baleado no ombro pelo Joker. Temendo pela vida do seu pupilo, Batman afasta-o das suas atividades de combate ao crime, procurando dessa forma resguardá-lo dos perigos. Frustrado pela situação, ao fim de um único semestre, Dick abandona a faculdade. Decisão que merece forte reprovação por parte do seu tutor.
    Entretanto, a antiga Turma Titã (coletivo que reunia originalmente os parceiros juvenis de diversos heróis seniores) foi refundada e renomeada como Novos Titãs**. Robin assume a liderança do grupo sediado em Nova Iorque, sobrando assim ainda menos espaço e tempo para os seus compromissos para com o Cavaleiro das Trevas e Gotham City.
   Ao lado dos Titãs, Dick recuperou a sua autoestima, ao mesmo tempo que aumentava o fosso que o separava de Batman. Por fim, este comunicou-lhe que, caso não desejasse continuar a ser seu parceiro, teria  de renunciar ao uniforme de Robin.
    Perante esta exigência do seu mentor, Dick desiste de ser o Menino Prodígio e também da liderança dos Titãs (a qual transita para a Moça-Maravilha). Já depois de abandonar a Mansão Wayne, Dick equaciona a hipótese de pôr um ponto final na sua carreira super-heroica.
    Nesta fase conturbada da sua vida, Dick encontrou respaldo emocional em Estelar, à data sua namorada e uma das novas integrantes dos Titãs.
   Durante uma conversa com o Super-Homem, este dá-lhe a conhecer uma antiga lenda do seu mundo natal: um proscrito que se converteu num herói chamado Asa Noturna. Inspirado pela narrativa, Dick decide adotar o nome da personagem para o seu novo alter ego.
   Quando todos os outros Titãs são capturados pelo Exterminador e entregues à organização criminosa C.O.L.M.E.I.A. (eventos ocorridos na saga O Contrato de Judas), Dick debuta como Asa Noturna e, com a ajuda do seu novo aliado Jericó, consegue resgatá-los.
    Nem tudo, porém, foram rosas. Se, por um lado, Dick logrou emancipar-se de Batman, a sua liderança dos Titãs logo seria posta à prova quando ele foi submetido a uma lavagem cerebral pelo Irmão Sangue. Ficaria também em xeque a sua relação com Estelar, quando a princesa alienígena foi forçada a casar-se com um compatriota por motivos políticos. Seria, contudo, a trágica morte de Jason Todd (o segundo Robin) às mãos do Joker a deixá-lo profundamente abalado.

http://static.comicvine.com/uploads/original/0/40/2748981-tumblr_l0ss6tusob1qzr2ako1_400.jpeg
O visual original de Asa Noturna...
...e a sua versão mais recente.
 
   Estando ainda por sanar antigas feridas na relação entre Dick Grayson e Bruce Wayne, a rutura entre ambos consumar-se-ia na sequência da descoberta por parte do primeiro de que o homem responsável pela morte dos seus pais, ao contrário do que o segundo o levara a crer, estava afinal vivo, embora em coma.
   Algum tempo depois, Dick foi abordado por Tim Drake, um adolescente que afirmava saber as identidades secretas dele e de Bruce Wayne.  Tim exortou Dick a reassumir o manto de Robin, porquanto a morte de Jason Todd mergulhara Batman numa vertiginosa espiral de vingança e autodestruição. Dick recusa-se a fazê-lo, mas convence Bruce a treinar Tim para ser o próximo Menino Prodígio.
    Seguiram-se tempos tumultuosos ao lado dos Titãs, marcados por um frenético vaivém de membros e pela quase capitulação da equipa perante a infame Sociedade Gnu.Uma vez mais, a liderança de Asa Noturna foi testada, tendo o herói demonstrado estar à altura dos desafios.
    No campo sentimental, num impulso para tentar salvar a sua fragilizada relação com Estelar, Dick pediu-a em casamento. A cerimónia seria, porém, interrompida por Ravena (outra Titã, dada como morta tempos atrás), agora renascida como um avatar do seu maligno pai, o demónio Trigon. Em resultado do ataque místico empreendido por Ravena, Estelar teve implantada nela uma semente demoníaca que a obrigou a abandonar a Terra para uma longa jornada espiritual. Ela e Dick foram-se distanciando progressivamente um do outro, culminando com o regresso da princesa alienígena a Tamaran (o seu mundo natal).

http://media.insidepulse.com/zones/insidepulse/uploads/2011/06/New-Teen-Titans-Older.jpg
Antes de se lançar numa carreira a solo, Asa Noturna viveu assombrosas aventuras ao lado dos Novos Titãs.

    Após a Queda do Morcego (quando Bane deixou Batman paralítico), Asa Noturna regressou a Gotham para assumir temporariamente o manto do seu antigo mentor. As muitas mágoas e divergências mútuas vieram, contudo, à superfície. Ambos conseguiram, não obstante, reconstruir a relação de quase pai e filho que os unira no passado. Paralelamente, a ausência do seu líder precipitou a dissolução dos Novos Titãs. Facto que abriria caminho a uma carreira a solo de Asa Noturna nos anos subsequentes.
   Nessa nova etapa da sua vida, Dick desenvolve um relacionamento sério com Barbara Gordon (ex-Batgirl). O casal chega a anunciar o noivado. O qual é, no entanto,desfeito quando Dick resolve acompanhar Bruce Wayne numa jornada de conhecimento (eventos ocorridos na minissérie 52).
    Na sequência da sua fugaz aliança com os Renegados, Asa Noturna refunda os Titãs, novamente como líder. Esta nova encarnação da equipa, congregando vários dos seus membros originais, não sobrevive contudo à morte de Donna Troy (ex-Moça-Maravilha). Em seu lugar surge uma nova formação de Titãs que inclui antigos elementos da Justiça Jovem. Asa Noturna escolhe, porém, não participar nela.
    Entretanto, Bruce Wayne decide adotar legalmente Richard Grayson como seu filho e herdeiro legítimo. Uma macabra coincidência considerando que, não muito tempo volvido, Batman seria dado como morto. Com a criminalidade em Gotham a disparar para níveis estratosféricos, Alfred e Robin (Tim Drake) pressionam Dick a assumir o manto do morcego. O que ele, inicialmente, se recusa a fazer. O ponto de viragem ocorre quando Dick descobre que o novo e sanguinário vigilante a operar nas ruas da cidade é, na verdade, Jason Todd. Ultrajado pela mácula que o antigo Robin está a verter sobre o legado de Batman, Dick põe de lado as suas hesitações e transforma-se no novo Cavaleiro das Trevas. Substituindo Tim Drake por Damian Wayne (filho biológico de Bruce) no papel de Robin, Dick devolve alguma paz e segurança a Gotham City.
    Regressado ao presente após uma longa deriva pelo fluxo temporal, Bruce Wayne canaliza os seus vastos recursos financeiros para a criação de um projeto global denominado Corporação Batman. O objetivo consiste em recrutar outros Homens-Morcegos por todo o planeta, que poderiam dar continuidade ao legado do Cavaleiro das Trevas caso este morresse. Dick, entretanto, continua a atuar como Batman em Gotham City e passa a fazer parte da Liga da Justiça.
    No âmbito das alterações introduzidas no Universo DC por Os Novos 52!, os eventos que levaram Dick Grayson a tornar-se o Robin foram exatamente os mesmos, com a diferença de que isso aconteceu quando ele tinha quinze anos de idade, envergando agora uma versão mais moderna do seu icónico uniforme. A transformação em Asa Noturna ocorreria um pouco mais tarde do que na versão primitiva: aos vinte anos, Dick resolve tentar uma carreira independente, muda-se para um modesto apartamento num bairro problemático de Gotham e passa a operar sob o codinome Asa Noturna. O seu uniforme é agora preto e vermelho, denotando o seu comportamento uma maior agressividade.

* Informação detalhada sobre Robin em  http://bdmarveldc.blogspot.pt/2013/12/herois-em-acao-robin.html
** Mais pormenores sobre os Novos Titãs em http://bdmarveldc.blogspot.pt/2013/03/herois-em-acao-novos-titas_30.html

Longe vão os tempos do traje colorido de Menino Prodígio.

Notas:
* Em fevereiro de 1984, Dick Grayson fez a sua derradeira aparição como Robin em The New Teen Titans #39 (o mesmo sucedendo com Wally West como Kid Flash);
* No arco de histórias Year 3, os leitores ficaram a saber que Dick conheceu Tim Drake (o terceiro Robin) quando ainda fazia parte dos Graysons Voadores. O pequeno Tim era um grande fã da malograda família de acrobatas circenses e idolatrava Dick (com quem, de resto, fez questão de ser fotografado). Esse facto levaria Tim, anos mais tarde, a deduzir as verdadeiras identidades do Duo Dinâmico;
* Dick Grayson herdou um fundo de investimento após a morte dos pais. Graças às aplicações financeiras feitas por Lucius Fox (associado de Bruce Wayne), o referido fundo converteu-se numa pequena fortuna. Embora esta seja incomparavelmente inferior à do seus antigo tutor, permite-lhe financiar não só as suas atividades como Asa Noturna como também lhe possibilitou a aquisição dos direitos do Circo Haly (onde cresceu), que enfrentava o risco de penhora devido ao acúmulo de dívidas, além do prédio de apartamentos onde reside, em Gotham City;
* Aparentemente, Dick tem um fraquinho por ruivas, tendo em conta que as suas duas grandes paixões (Estelar e Barbara Gordon) tinham essa cor de cabelo.

http://robot6.comicbookresources.com/wp-content/uploads/2013/06/New_Teen_Titans_Vol_1_39.jpg
O fim de uma era em The New Teen Titans #39 (1984).
 
Noutros media: Em 2013, Asa Noturna quedou-se num notável quinto lugar no Top 25 Heroes of DC Comics elaborado pelo site IGN. Um episódio da série animada The New Batman Adventures (1997-99), intitulado Sins of the Father, assinalou a estreia da personagem no pequeno ecrã. Com maior ou menor preponderância, participou em anos recentes em diversas outras produções do género, entre as quais se destacam Young Justice: Invasion (2012) e no filme de animação com lançamento direto em DVD Batman: Under the Red Hood (2010).
    São feitas referências a Asa Noturna em três filmes do Homem-Morcego:  em Batman Para Sempre (1995),  Dick Grayson (Chris O'Donnell) sugere esse nome no momento de escolher uma identidade secreta para adjuvar o Homem-Morcego no combate ao crime. Já em Batman & Robin (1997), saltam à vista as semelhanças entre o uniforme usado por Robin (ainda interpretado por O'Donnell) e o de Asa Noturna nos comics.
   Por fim, em O Cavaleiro das Trevas Renasce (2012), o detetive John Blake (encarnado por Joseph Gordon-Levitt) exibe um distintivo policial onde é claramente visível a asa estilizada que serve de símbolo ao Asa Noturna.
   Circulam atualmente rumores acerca de planos para a produção de uma série televisiva baseada no ex-líder dos Titãs.

http://img1.wikia.nocookie.net/__cb20111101025918/batman/images/d/df/Nightwinganimated.jpg
Asa Noturna em The New Batman Adventures.